O funcionamento da energia fotovoltaica
04 jun 2019

O funcionamento da energia fotovoltaica6 min de leitura

A geração de energia em casa ainda é um mistério pra grande parte da população. Muita gente sabe do que se trata mas a maioria não conhece os detalhes do funcionamento da energia fotovoltaica.

Aqui no site temos uma página que fala especificamente como funciona a aquisição do sistema fotovoltaico, entretanto, ainda não falamos sobre o funcionamento do sistema em detalhes.

Pensando nisso, escrevemos esta publicação para lhe ajudar a compreender como se dá o funcionamento do sistema que converte a gratuita e abundante luz do sol em eletricidade: esta que está mais cara a cada ano.

A energia solarA energia solar

Todos sabemos que energia solar é aquela gerada a partir da luz do sol. Todos os anos o sol envia para nosso planeta mais de 10000 vezes a quantidade de energia que toda a humanidade consome anualmente.

É uma quantidade colossal de energia que, se não fizermos nada, está sendo desperdiçada.

A energia solar pode ser extremamente útil para aquecer a água de casas e empresas e também para produzir eletricidade para casas e empresas.

Energia Solar Térmica

O sistema de aproveitamento da energia solar que aquece água é chamado de Sistema de Energia Solar Térmica.

É um universo à parte que em si mesmo já apresenta diversas tecnologias.

Energia solar fotovoltaicaEnergia Solar Fotovoltaica

O sistema de aproveitamento da energia solar que produz energia elétrica é chamado de Sistema de Energia Solar Fotovoltaica.

É um outro universo, completamente diferenciado e também apresenta algumas nuances de acordo com o local da instalação, o seu objetivo, etc.

A publicação de hoje vai falar desta que é a nossa especialidade: a energia solar fotovoltaica.

Como funciona a energia solar fotovoltaica

Na prática, não existe o que chamamos de energia fotovoltaica. Todo o sistema fotovoltaico trabalha com a energia elétrica produzida a partir da energia solar. A esta conversão damos o nome de efeito fotovoltaico.

O responsável por fazer esta conversão são as chamadas “células fotovoltaicas”, dispositivos feitos com materiais semicondutores que possuem a capacidade de gerar corrente elétrica quando expostos à radiação solar.

Estas células são os equipamentos que, na prática, se beneficiam do chamado efeito fotovoltaico.

Sem mais delongas, vamos à prática!

O que é preciso para ter um sistema fotovoltaico funcionando?

Um sistema fotovoltaico precisa de alguns componentes básicos para funcionar: os painéis solares, um ou mais inversores, o medidor bidirecional e os componentes inerentes à instalação elétrica (cabos, conectores e outros itens).

Para entender como funciona o sistema, vamos ver a função de cada um dos componentes…

Módulo fotovoltaicoOs painéis fotovoltaicos

Os painéis do solar fotovoltaico também são chamados de módulos ou coletores fotovoltaicos. Eles constituem a parte visível do sistema e normalmente são posicionados no telhado ou em algum outro ponto que receba o máximo de sol durante o dia.

A unidade fundamental dos painéis do sistema fotovoltaico são as chamadas “células fotovoltaicas”. Como mencionamos a pouco, são elas as responsáveis pela conversão da energia solar em energia elétrica.

As placas produzem a eletricidade que, através de uma ligação elétrica, é transferida para o próximo componente…

O inversor fotovoltaico

Inversor do solar fotovoltaicoA eletricidade produzida pelas placas do solar fotovoltaico não é aproveitável da forma como é gerada.

Toda esta energia precisa passar por um processo de transformação para que, ao invés de “Corrente Contínua”, passe a ser do tipo “Corrente Alternada”.

Para saber mais sobre a diferença entre estes dois tipos de corrente, acesse o link:

O inversor é responsável por fazer esta conversão e permitir que a eletricidade chegue de fato ao quadro de distribuição do local.

Só a partir daí a casa ou a empresa pode utilizar a energia produzida pelos coletores no telhado.

O último componente que citamos é necessário para contabilizar a energia que, ao invés de consumir, você vende para a companhia energética…

Medidor bidirecional para sistema fotovoltaicoO medidor bidirecional

O medidor bidirecional é um medidor comum, como um “padrão da CEMIG”. A diferença é que, ao invés de medir apenas a energia que chega no local, ele também mede a energia que sai dali.

Como assim?

O que acontece é o seguinte: durante o dia, o consumo de eletricidade da maior parte das casas é menor do que a quantidade de energia produzida pelos sistemas fotovoltaicos.

Isso significa que durante o dia, a energia que você produz estará, quase que totalmente, sendo vendida para a CEMIG.

Para medir quanta energia você está passando para a CEMIG, se faz necessário um medidor com estas características.

Somente no período noturno que as construções costumam precisar da energia da rede da CEMIG. Então, nestas condições o medidor volta a registrar aquilo que é consumido e consegue deduzir o consumo dos créditos gerador com a produção diurna.

24 horas de funcionamento do sistema fotovoltaico

Se não ficou claro o funcionamento da energia fotovoltaica, vamos pensar num dia de uso do sistema.

Imagine que este dia começa com o nascer do sol:

  1. O sol nasce e seus primeiros raios atinges os coletores que já começam a produzir energia pra você.
    Neste momento, sua casa está consumindo energia da companhia energética pois a produção só acabou de começar.
  2. Conforme o sol vai se levantando, a geração de eletricidade aumenta ao ponto de suprir o consumo da casa.
    Neste momento, não há consumo da energia da CEMIG.
  3. Durante todo o dia a produção energética é maior do que o consumo e este saldo é registrado pelo medidor e fica salvo como créditos energéticos.
  4. O sol começa a se por e a produção, devido à baixa do sol, começa a diminuir. Você chega em casa, precisa do chuveiro elétrico, da banheira aquecida, do micro-ondas para aquecer sua janta, etc.
    Neste momento, o consumo passa a ser maior do que a produção de energia, logo, você passará a consumir seus créditos energéticos até que o sol volte a nascer e assim o ciclo se reinicia.

O dia da casa com o solar fotovoltaicoO objetivo de uma instalação de solar fotovoltaico é projetar um sistema que consiga fazer com que a sua produção de energia seja suficiente para a sua demanda energética.

Em outras palavras, quando se pensa na instalação de um sistema de geração de energia para uma casa ou para uma empresa, a meta é adquirir um sistema que consiga produzir a quantidade de eletricidade que o local consome.

Alguma dúvida com relação ao funcionamento da energia fotovoltaica?

Esperamos que tenha ficado claro pra você a forma como se dá o funcionamento da energia fotovoltaica.

Para sanar qualquer dúvida que tenha permanecido, fale conosco!

Para projetar e instalar seu sistema de energia solar fotovoltaica, conte com a GREENVOLT. Somos especialistas em sistemas de energia fotovoltaica e atendemos todo o país.

Se quiser passar aqui para conhecer o sistema, estamos na Avenida das Américas, no número 872, no centro de Betim. Venha bater um papo e ver como é possível se livrar da conta da CEMIG e ainda economizar pelas próximas décadas.